Estética e Saúde

O seu mundo de bem-estar
DiVine Spa –  The Westin CampoReal Golf Resort & Spa
Rodeado por um cenário campestre e com vista para vinhedos ancestrais, encontra-se o DiVine Spa, construído de raiz em 2007, que conta com umas instalações de 700 metros quadrados.
No menu DiVine Spa pode encontrar uma vasta gama de ofertas ao nível de tratamentos de corpo, rosto, massagens, rituais exclusivos CampoReal e experiências de meio-dia ou dia inteiro.
A marca utilizada no Spa é a prestigiada linha Comfort Zone.
Este hotel de 5 estrelas, muito bem merecidas pela qualidade do atendimento, requinte, bom gosto e o saber receber, tem no Spa o seu ponto fraco, onde esta qualidade não se verifica.
O DiVine Spa não está à altura de um Hotel de 5 estrelas.
O acesso ao Spa tem um custo de €15 por pessoa para usufruir das instalações exclusivas do Spa, o que deixa os visitantes com uma expectativa elevada.
Infelizmente não e esse o caso, a piscina de hidroterapia encontra-se a uma temperatura não apropriada e alguns dos botões que accionam o funcionamento das camas e cadeiras de hidromassagem não funcionam.
O banho turco tem a temperatura ideal, mas a cromoterapia nem vê-la. Apenas um dos dois duches situados nas laterais da piscina funciona. Deste cenário escapa a sauna e a queda de gelo, que estavam em óptimo funcionamento.
A manutenção dos espaços utilizados pelos clientes também tem muito que se lhe diga, pode observar-se o chão encharcado e toalhas molhadas utilizadas por clientes que já saíram do Spa à algum tempo.
Não se vê ninguém da parte da limpeza tendo atenção a estes pormenores não menos importantes que outros, claro. Nesta zona do spa, onde se encontra a piscina, o banho turco, a sauna e a queda de gelo, só existe uma sala de relaxamento com apenas duas cadeiras.
Caso haja mais do que duas pessoas a usufruir desta parte do Spa, não sei onde se poderão deitar, ou sentar, a relaxar.
Uma pequena chamada de atenção para todo o serviço de atendimento (hotel incluído), para que não “vendam” o circuito do Spa como circuito termal, pela seguinte razão:
Circuito termal – desenvolvimento de terapias com águas minerais, da própria região, através de banhos de imersão, jacto de água, vapor ou ainda ingerindo essa mesma água quando lhe são reconhecidas propriedades medicinais.
Ao nível de tratamentos, massagens, entre outros, não posso referir, pois não usufruí desse serviço.
À parte do Spa, o hotel possui duas piscinas, uma interna e outra externa. A piscina interna tem uma temperatura “fria” . Esta tem um jacto de água para relaxar a zona do pescoço, ombros e costas, mas infelizmente não funciona e, pelo aspecto, à já algum tempo.
Do lado oposto também tem um jacto de água que serve para relaxar outras zonas corporais, estando igualmente fora de funcionamento.
O espaço envolvente é magnifico, o campo de golfe fantástico e o restaurante “Grande Escolha” é de facto uma grande escolha. Infelizmente não posso dizer o mesmo em relação ao Spa.
Os quartos do hotel são muito confortáveis e têm um óptimo design. O pequeno almoço é muito completo e com um horário alargado.
Nota: O Hotel em geral é muito bom, mas infelizmente não posso dizer o mesmo em relação ao Spa. Espero sinceramente que com o tempo esta parte fundamental num hotel de 5* melhore, pois é uma pena que com todas as qualidades que este Resort possui, tenha a parte do bem estar tão aquém das expectativas.

DiVineSpa

Rodeado por um cenário campestre e com vista para vinhedos ancestrais, encontra-se o DiVine Spa, construído de raiz em 2007, que conta com umas instalações de 700 metros quadrados.

No menu DiVine Spa pode encontrar uma vasta gama de ofertas ao nível de tratamentos de corpo, rosto, massagens, rituais exclusivos CampoReal e experiências de meio-dia ou dia inteiro.

A marca utilizada no Spa é a prestigiada linha Comfort Zone.

Este hotel de 5 estrelas, muito bem merecidas pela qualidade do atendimento, requinte, bom gosto e o saber receber, tem no Spa o seu ponto fraco, onde esta qualidade não se verifica.

O DiVine Spa não está à altura de um Hotel de 5 estrelas.

O acesso ao Spa tem um custo de €15 por pessoa para usufruir das suas instalações exclusivas, o que deixa os visitantes com uma expectativa elevada.

DiVineSpa2

Infelizmente não é esse o caso, a piscina de hidroterapia encontra-se a uma temperatura não apropriada e alguns dos botões que accionam o funcionamento das camas e cadeiras de hidromassagem não funcionam.

O banho turco tem a temperatura ideal, mas a cromoterapia nem vê-la. Apenas um dos dois duches situados nas laterais da piscina funciona. Deste cenário escapa a sauna e a queda de gelo, que estavam em óptimo funcionamento.

A manutenção dos espaços utilizados pelos clientes também tem muito que se lhe diga, pode observar-se o chão encharcado e toalhas molhadas utilizadas por clientes que já saíram do Spa à algum tempo.

Não se vê ninguém da parte da limpeza tendo atenção a estes pormenores não menos importantes que outros, claro. Nesta zona do spa, onde se encontra a piscina, o banho turco, a sauna e a queda de gelo, só existe uma sala de relaxamento com apenas duas cadeiras. Caso haja mais do que duas pessoas a usufruir desta parte do Spa, não sei onde se poderão deitar, ou sentar, a relaxar.

Uma pequena chamada de atenção para todo o serviço de atendimento (hotel incluído), uma vez que “vendem” o circuito do Spa como circuito termal, o que não está correcto pela seguinte razão:

Circuito termal – desenvolvimento de terapias com águas minerais, da própria região, através de banhos de imersão, jacto de água, vapor ou ainda ingerindo essa mesma água quando lhe são reconhecidas propriedades medicinais.

Ao nível de tratamentos, massagens, entre outros, não posso referir, pois não usufruí desse serviço.

À parte do Spa, o hotel possui duas piscinas, uma interna e outra externa. A piscina interna tem uma temperatura “fria” . Esta tem um jacto de água para relaxar a zona do pescoço, ombros e costas, mas infelizmente não funciona e, pelo aspecto, à já algum tempo.

Do lado oposto também tem um jacto de água que serve para relaxar outras zonas corporais, estando igualmente fora de funcionamento.

piscinaexterior

O espaço envolvente é magnifico, o campo de golfe fantástico e o restaurante “Grande Escolha” é de facto uma grande escolha. Infelizmente não posso dizer o mesmo em relação ao Spa.

Os quartos do hotel são muito confortáveis e têm um óptimo design. O pequeno almoço é muito completo e com um horário alargado.

Nota: O Hotel em geral é muito bom, mas infelizmente não posso dizer o mesmo em relação ao Spa. Espero sinceramente que com o tempo esta parte fundamental num Resort de 5* melhore, pois é uma pena que com todas as qualidades que este possui, tenha a parte do bem estar tão aquém das expectativas.

Localização:

CampoReal Golf Resort & Spa

Rua Do Campo

2565-779 Turcifal

Torres Vedras – Portugal

Contactos : +351 261 960 900

Reservas:

[email protected]

Mais informações:

http://www.camporeal.pt

Autor: Emy Tamada | Categoria: Spa's

Este post foi criado em Segunda-feira, Novembro 16th, 2009 às 14:30. Pode seguir as respostas a este post através do endereço RSS 2.0 feed.
Deixe o seu comentário
Trackback a partir do seu site

Existem 2 comentários a este post:

Francisco
Novembro 18th, 2009 at 11:38

As condições do quarto são excelentes.
Mas, sendo o hotel da classe que é e tendo em conta o preço por estadia penso que o chá e café não deveriam ser pagos no quarto, bem como algumas comodidades do SPA (banho turco e sauna).
Concordo em imensos pontos com o artigo.

Maria
Novembro 16th, 2009 at 19:52

Parabéns pelo artigo e também pelo blog.
Fiquei hospedada no Westin Campo Real em Setembro.
Os pontos positivos do hotel são na minha opinião a atenção que os funcionários dedicam aos clientes e do requinte da decoração e de todo o espaço.
Um dos pontos negativos é tendo em conta a tarifa do alojamento parece-me um pouco exagerado que o acesso ao SPA tenha um custo de €15 por pax.

Deixe o seu comentário

Publipt! Clique Aqui!